Dentista em casa

Dentista em casa
Dentista em casa

O atendimento odontológico domiciliar representa uma mudança de paradigma no atendimento odontológico. Significa levar cuidados bucais às pessoas que não querem ou não podem se deslocar para o atendimento em um consultório convencional. Pessoas que deixam de ir ao dentista por motivos diversos, encontram no atendimento odontológico domiciliar uma oportunidade para terem boa saúde bucal e qualidade de vida. Quantas pessoas deixaram de ir ao dentista no período da pandemia?

Quando pensamos em um serviço domiciliar ou home care, o mais comum é pensar que é um serviço destinado exclusivamente aos idosos. Não é a realidade, o atendimento odontológico domiciliar é extensivo também aos portadores de necessidades especiais, tais como deficiências motoras, auditivas, visuais, alterações psiquiátricas e comportamentais, mobilidade reduzida por doenças, traumas ou envelhecimento, pacientes imunossuprimidos, com doenças crônicas e a todos os pacientes restritos ao leito.

Muitos dos casos  citados acima precisam de um olhar especial porque possuem um alto risco de desenvolver doenças bucais, em decorrência de patogenias sistêmicas, alteração salivar decorrente da idade ou do uso de medicamentos, dieta cariogênica, alterações motoras e higienização ineficaz.

O planejamento do cuidado odontológico domiciliar é individualizado e humanizado. Engloba abordagens de diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças bucais. O uso do equipamento odontológico portátil é um diferencial no atendimento odontológico domiciliar. Com o auxílio dessa tecnologia, podemos levar cuidados odontológicos onde o paciente estiver (domicílio, hospitais, casas de repouso). Esse equipamento, que se assemelha ao equipamento de um consultório convencional, permite a realização, com segurança e qualidade, de: restaurações, remoção de tártaro, profilaxia dentária, ajustes de próteses, alguns tipos de próteses dentárias e pequenas cirurgias orais.

Dispomos também do equipamento de laser de baixa potência para os atendimentos domiciliares. O laser de baixa potência tem várias indicações na odontologia: minimizar a dor e inflamação dos tecidos bucais, no tratamento de aftas, herpes, hipossalivação, hipersensibilidade dentinária, na mucosite oral (complicação do tratamento oncológico) e outras.

E as pessoas que não tem dentes? Precisam do atendimento odontológico em um consultório convencional ou podem se beneficiar do atendimento odontológico domiciliar? Sim, com certeza! Além dos dentes, há outras estruturas da boca que precisam ser rotineiramente avaliadas e só assim, poderemos prevenir e tratar doenças da boca. Uma importante doença a ser prevenida e tratada precocemente é o câncer de boca.

Vale ressaltar que a atendimento odontológico domiciliar propicia uma interação mais estreita com familiares e cuidadores, favorecendo a prática de uma odontologia “além dos dentes” e mais humanizada. Familiares e cuidadores exercem um importante papel na manutenção da saúde bucal. Requer também, na maioria das vezes, integração com outros profissionais que prestam assistência à essas pessoas.

Ter boa saúde bucal é ter qualidade de vida!

Texto escrito por:
Dra. Glória Barros
Odontologia Clínica
Niterói / RJ

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Acesse a sua conta Guia Saúde e participe da nossa conversa

Compartilhar

Facebook Twitter LinkedIn Email